sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Pétala

O seu amor
Reluz
Que nem riqueza
Asa do meu destino
Clareza do tino
Pétala
De estrela caindo
Bem devagar...

Oh! meu amor!
Viver
É todo sacrifício
Feito em seu nome
Quanto mais desejo
Um beijo, um beijo seu
Muito mais eu vejo
Gosto em viver
Viver!

Por ser exato
O amor não cabe em si
Por ser encantado
O amor revela-se
Por ser amor
Invade
E fim!!!...

Djavan (Composição: Djavan)

Um comentário:

  1. Olá Carmem!

    Lindo teu blog!
    Parabéns!
    Te espero no meu cantinho!
    Abraço.

    ResponderExcluir